Bonac no San Marino Pro



Por Miguel Chain

Bonac no San Marino Pro

Outro atleta que teve um ano muito foi Willian Bonac. Eu já vinha falando falando dele desde 2012, quando ele ainda competia na categoria 212.

Este ano Bonac ficou em oitavo lugar no Olympia, embora eu ache que ele deveria ter ficado em quinto, à frente de Winklaar, Branch e Big Rammi.  Seu shape e estrutura são bem melhores  do que os desses caras.

Além disso, Bonac não tem pontos fracos aparentes, ou alguma desproporção enorme em sua musculatura. Winklaar não tem costas, Branch está uma bagunça e Big Rammy tem os quadriceps muito maiores do que todo o resto – deixando seu fisico sem proporção.

Bonac tem cortes profundos e excelente separação muscular.  Diferente de Branch e Big Rammi.  Seu único pecado é não chegar extremamente seco e condicionado. Mas nesse quesito, podemos dizer que ele estava no mesmo nível, ou até um pouco melhor que esses competidores.

Não consigo entender como um atleta com tantas qualidades, se apresentando em condição tão boa, não consiga resultados melhores.

Reparem na foto como seus peitorais são cheios, densos e estriados, cortados. O mesmo vale para seus deltoides, podemos ver os cortes e estriações ao longo do músculo – e o mais importante – nenhum sinal de volume estranho nos deltoides.  Seus braçõs são gigantescos e têm uma separação perfeita entre triceps, braquial e biceps.

Enfim, ele ficou em oitavo no Olympia, mas merecia um quinto.

No Arnold Europa, poucas semanas depois, ficou em sexto lugar.  Dos oito primeiros colocados do Olympia, apenas Phil Heath e Branch Warren não competiram no Arnold Europa. Tirando esses dois, a ordem de classificação terminou a mesma do Olympia – com Bonac em sexto atrás de Rolly Winklaar e Big Rammi.

No GP de Praga, ele ficaria em quinto lugar, dessa vez superando Winklaar.  Foram bons shows, com apresentações consistentes – que mostraram a qualidade do fisico de Willian e o estrago que ele pode causar caso adicione um pouco de mpusculos em lugares estrategicos e chegue extremamente seco nas competições.

Continuando seu ano de agenda super lotada, Bonac venceu com facilidade o Nordic GP, na Finlandia , e o Dayana Cadeau Classic, garantindo vaga no Olympia 2016.

Ele ainda competiu no San Marino GP, três semanas atrás, e ficou em segundo – logo atrás da nova sensação Australiana Josh Lenartowicz.

Imagem: Instagram




Comentários



Miguel Chain Jr

Cref -118.774/SP

Dúvidas, sugestões, anúncios, consultorias:

contato@diariodoculturismo.com.br
Toda informação contida no site Diário do Culturismo tem propósitos estritamente informativos. Não prescrevemos nenhum tipo de treino, dieta ou drogas nem assumimos responsabilidade por nenhuma lesão ou qualquer situação causada pelos leitores. Antes de iniciar qualquer atividade física procure um profissional da área para prescrição de seus treinos.