in

Como foram as prévias do Olympia 2015 – Heath x Rhoden x Wolf

As prévias do Olympia 2015 já são história.  A suspeita de todos se confirmou – Phil, Wolf, Rhoden e Dexter fariam parte do top 5. Só faltava saber quem completaria esse grupo, ou talvez o top 6.
Big Rammy era uma incógnita para quase todos, mas os sábios e experientes já previam que ele não chegaria seco. Talvez nunca chegue.

Como tudo isso vai se definir? Vamos primeiro dar uma olhada em como tudo isso se desenhou nas prévias.

Após todos se apresentarem em suas rotinas individuais, os árbitros começaram a chamar os callout. No primeiro callout tivemos

Roelly Winklaar, Dexter Jackson, Big Rammy, Phil Heath, Denis Wolf e Shawn Rhoden.

No Segundo Callout tivemos:

Roelly Winklaar, Big Ramy, Branch Warren, Essa Obiad e Willian Bonac.

Como Dexter, Phil, Denis e Shawn não foram chamados, podiamos dizer que eles seriam os top 4 de acordo com os árbitros.

Esse grupo do segundo callout seria o dos caras que iriam lutar do quinto ao nono lugares. E como nenhum deles foi chamado para o terceiro callout, podemos dizer que eles estão fechados no Top 10.

O físico de Branch está cansado, cheio de lesões, o texano recebeu um presente esse ano.
Roelly veio muito bem, seco e cheio, braços excelentes, mas precisa ter vindo ainda melhor para lutar por algo mais substancial, mas ainda deve ficar no Top 6.

Big Rammy veio enorme, 143 kgs. Mas precisava vir com uns ou 8 ou 10 kgs de água e gordura a menos. Ainda seria o maior cara do palco e estaria bem mais definido e condicionado. Big Rammy decepecionou a mais uma vez deixou a desejar.
Tem uns caras que se apresentam mal umas vezes e a gente sempre espera que melhorem. Vai do “Quem sabe ele melhora na próxima.” Do “Ele nunca vai acertar e sempre virá assim.”
Será que o Big Rammy não vai acertar nunca?

Willian Bonac, um dos melhores shapes da atualidade, coxas gigantes e estriadas, braços enormes, ombros redondos, dorsais que se inserem quase no seu quadril e musculatura das costas bem densa. Bonac não tem um ponto fraco. Só precisa chegar mais seco, bem mais seco.

Essa Obiad fecha esse grupo trazendo um físico renovado, que pode o levar ao top 10 do Mundo.

 

 

O terceiro callout foi composto por:

Maxx Charles, Roni Rockel, Dallas McCarver, Fred Smalls, Victor Martinez, Juan Morel

Esses caras devem fechar o top 15 e participar das finais.
Dallas vem muito bem, apenas 24 anos e um futuro glorioso pela frente.
Victor Martinez deveria se aposentar.

Tivemos ainda mais dois callouts, com os outros competidores e o último callout – o mais emocionante – tivemos os 4 favoritos ao título:

Dexter Jackson, Denis Wolf, Phil Heath e Shawn Rhoden – nessa ordem.

Fizeram as poses e foram trocados de lugar, nessa formação:

Wolf, Rhoden, Heath e Jackson.

Uma dica dos juízes aqui – Nas duas formações, Shawn Rhoden ficou do lado de Phil. E Wolf e Jackson se revezaram estando Wolf na primeira formação e Dexter na segunda. Isso pode indicar que os árbitros devem considerar que Shawn e Phil lutam pelo titulo.

Dexter Jackson trouxe mais uma vez um físico excelente, mas não tem o volume necessário para superar os outros três.

Denis Wolf veio gigante, mas não tão cheio, seu velho problema das prévias. Ele sempre chega meio murcho nas prévias e muito mais cheio e melhor nas finais. Além disso, ao longo das prévias, ele foi murchando e embaçando.
Seus pontos fracos são os de sempre, panturrilhas e dorsais altos. Ele estava bem seco, coxas enormes e fibradas, seco como o deserto.  É o maior dos três e pode vencer, caso chegue bem cheio e seco amanhã.

Shawn Rhoden não pode mais ser chamado de pequeno, ninguém pode dizer que ele tem volume. Ele cresceu. Sua cintura é bem estreita pela frente, mas dilatada nas poses de lado. Suas coxas são as melhores entre os quatro, ele possui braços e ombros excelentes além de se dono das mais belas linhas.  Mas ele é trucidado por Phil e Denis nas poses de costas – principalmente no duplo bíceps de costas.

Phil tem a musculatura a dorsal bem mais desenvolvida, ele tem as melhores costas entre os 4. Podemos ver dois pilares de músculos subindo ao longo de sua coluna – os paravertebrais – que conferem um visual denso às costas.  Seus femorais estão cortados, mais do que os dos outros, outra vantagem.
Ao contrário de Rhoden e Wolf, que murcharam durante as prévias, Phil se manteve bem.
Ele não veio tão quanto 2011 ou 2013. Na verdade ele estava bem murcho e a musculatura não saltava na hora que ele contraia.

Phil não tem a melhor das estruturas, seus ombros são estreitos e dão vantagem à caras como Wolf e Rhoden. Algumas de suas poses não fluem bem, como a expansão de dorsais de gente e a abs e coxas. Mas ele ainda é melhor que os outros, tráz detalhes como espessura e densidade de costas, detalhe e separação muscular nos femorais, braços fantásticos e uma condição razoavelmente consistente.

A briga pelo título até agora é entre Phil e Shawn. Mas Wolf vem na cola, vem firme.
Até agora foram apenas metade dos pontos e o cara que mais pode evoluir de hoje para amanhã é Wolf.

Pelo que foi mostrado hoje, qualquer um dos três pode sair do Orleans Arena amanhã com o Sandow nas mãos. E qualquer que seja o resultado entre esses três , será justo e aceitável.

 

2645a25f8d642ab34ca0f89f1d9e8b3f a63582c6f2fbbe4ecd625fb84fa48d18 dcfb2b3e96d4cc755bfa78e3d1774802 fe8bb24d18a29be6c38cd568964e23a2