Os campeonatos são vencidos no offseason

Postado por: Miguel Chain em  01/12/2015 |

1448992616

 

É muito comum ver os atletas postando seu dia a dia nas redes sociais.  Vejo que a grande maioria se foca muito mais na fase Precontest. A preocupação com a dieta é bem maior, eles geralmente se esforçam mais nos treinos, não perdem nenhuma sessão de aeróbio.

Tudo isso é muito importante sim.  Mas durante as 12-16 semanas de Precontest (o tempo varia – pode ser 8 semanas para os mais sortudos ou 20-24 para aqueles que relaxaram muito no off ou para atletas naturais), o objetivo é apenas tirar toda a gordura enquanto se mantém a maior quantidade possivel de massa muscular. É raro ganhar músculo na fase Precontest devido ao defcit calórico presente praticamente o tempo todo.

Isso torna a fase offseason estrategicamente importante. É nela que vamos adicionar músculo de qualidade em nossa estrutura.

Eu costumo dizer que um offseason de sucesso ocorre quando o atleta consegue:

-Adicionar massa muscular em pontos fracos de seu físico, fazendo com que se consiga uma proporção e harmonia maior entre os grupos musculares.

-Adicionar massa muscular geral, conseguindo um aspecto mais volumoso e denso no físico.

-Acumular o minimo de gordura necessário para conseguir atingir as metas acima.*

É claro que é impossível crescer sem ganhar um pouco de gordura. Mas também sabemos que não é preciso ficar obeso em seu offseason. É preciso se controlar. Certamente o atleta ira ganhar uma quantidade de gordura. Mas caso ele tenho um excelente plano nutricional e de treinos, é possível adicionar  boa quantidade de músculos sem ganhar tanta gordura.

A palavra chave é paciência. Não adianta querer ganhar 10 kgs em seis meses. Não será tudo músculo.  Bons atletas souberam ter a paciência e souberam crescer devagar. Geralmente isso lhes rendeu físicos densos, com excelente separação muscular.

Caras que resolvem crescer rápido demais, acabam com físicos até volumosos, mas sem muita qualidade e pouquíssima separação muscular.

Um atleta que resolve fazer um offseason sujão, ou porcão, bulking pesado – podem chamar do que quiserem – está se dirigindo para o desastre. Quase sempre grande parte daquele peso todo que ele ganhou é gordura. No final das contas ele acabou ganhando quase a mesma quantidade de músculo que ganharia caso tivesse feito um off mais limpo.  E essa pequena quantidade de massa muscular a mais que ele ganhou, acaba sendo canibalizada no processo de precontest – Que tem que ser bem mais radical e longo, pois o atleta acumulou muita gordura.  Sabemos que o músculo mais recente, aquele que acabamos de ganhar, é o primeiro que cataboliza durante uma dieta.

Isso torna as coisas piores ainda.  Todo aquele esforço que você teve para ganahar um pouco de músculo, foi todo jogado fora.  Mas seus competidores agradecem!

Finalizando – um offseason de qualidade pode permitir que um atleta corrija seus pontos fracos, não acumule caminhões de gordura. Na hora do precontest, ele pode chegar em condiçao de competição em um tempo menor, com um sofrimento físico e psicológico menor, manter mais massa muscular e quem sabe até levar o Overall!