Phil Heath x Dexter Jackson – A Batalha pelo Olympia 2015



Por Miguel Chain

O esporte é feito de ídolos. E Dexter Jackson é um deles. Ele é um dos mais consagrados e vencedores bodybuilders de todos os tempos. Tem um título do Mr Olympia, cinco do Arnold Ohio, já ganhou Master Olympia, muitos outros shows Pro e é o recordista de participações no Mr Olympia.

Mas pouca gente esperava que ele, a poucas semanas de completar 46 anos,  fosse pressionar Phil na luta pelo título e tentar reconquistar o título sete anos após ter vencido pela primeira vez.

Dexter ficou o tempo todo no grupo dos quatro atletas que seriam os primeiros colocados (Dexter, Wolf, Rhoden e Heath) , de acordo com os árbitros.  Mas por estar com um volume relativamente menor que os outros três atletas do grupo e raramente ter sido colocado no centro das comparações durante as prévias e finais, a previsão era de que ele ficasse em quarto.

Na verdade, segundo a súmula, ele terminou as prévias em quarto, mas nas finais ele superou Rhoden e Wolf.  Rhoden veio bem, tem um shape excelente, mas foi murchando e embaçando ao longo do show. Wolf veio murcho nas prévias, encheu para as finais, mas os árbitros entenderam que sua definição piorou e ele acabou ficando com a quarta colocação.

Segundo a súmula, Dexter ficou apenas um ponto a frente de Rhoden e quinze atrás de Phil.  Mas quando isolamos os dois, e comparamos pose a pose, percebemos que a batalha foi mais dura do que os pontos nos dizem.

Mais ainda na cabeça de Phil, que estava morrendo de medo perder. Podíamos notar sua apreensão. E quando ele anunciado como vencedor, ele soltou um grito de alivio, respirou fundo e por pouco não saiu pulando. O que mostrou realmente o quanto ele não estava confiante sobre sua conquista. Vejam no no video abaixo:

 

A Batalha pelo Olympia

dexphil6

No duplo biceps temos uma disputa ferrenha. Os dorsais de Dexter são altos, mas a sua cintura extra-fina, somada com a expansão dos dorsais, dá uma impressão de Tronco em “V” bem maior para ele.
Seus biceps também são melhores que os de Phil. Vejam Phil não tem biceps ruins, pelo contrário, ele está entre os melhores da história quando o assunto é braços. Mas acontece que nessa pose, do lado de Dexter, os biceps de Phil parecem não fluir tão bem com os outros grupos musculares.
Phil leva vantagem no volume e densidade e nas pernas, maiores e mais cortadas.
Vencedor: Empate.

dexphil3

Na expansão de dorsais de frente, O Shape e estrutura de Dexter o levam para a vantagem. Mesmo sendo menor, Dex tem um shape melhor e os grupos musculares parecem fluir bem uns com os outros. Nessa pose, Phil fica esquisito, e seus ombros estreitos também não ajudam muito. Destaco novamente as coxas e panturrilhas de Phil, maiores e mais marcadas.
Reparem no traço horizontal que fiz na altura das clavículas deles. As linhas têm exatamente o mesmo comprimento, o que nos mostra que a largura dos ombros dos dois é igaul, Dexter leva vantagem por ter a cintura mais fina, o que poderia dar a impressão de ele é maior que Phil. Mas Phil tem braços e pernas maiores, fato que anula essa vantagem de Dexter.
Vencedor: Dexter.

 

dexphil1

 

Nas poses de lado, a coisa fica dificil para Dexter. Phil, mais volumoso e denso, leva clara vantagem na Peitoral de lado. O ponto forte de Dexter aqui é o seu quadriceps, cortado, fatiado; com um tipo de detalhe que só décadas de treino podem trazer.
Phil tem coxas maiores e com uma qualidade quase tão boa quanto a de Jackson. Seu ponte de vantagem aqui são os femorais, que ficam pendurados nessa pose.
Outro ponto forte de Phil nessa pose são os braços, com triceps fenomenais, braquiais gigantes e biceps enormes ( que têm uma aparência melhor quando olhados do lado de fora – em poses como essa e o triceps de lado.)
Vencedor: Phil

 

dexphil4

 

Nas poses de costas é muito dificil bater Phil. Ele conseguiu transformar suas costas em um ponto quase imbátivel. A seta da esquerda nos alerta sobre a separação muscular impressionante(para os nossos dias) nas costas de Phil. Ele tem trapézios e rombóides densos, paravertebrais espessos, dorsais incriveis e a região lombar também não deixa a desejar.
As costas de Dexter já foram mais densas e separadas, mas ainda são umas das melhores da IFBB.  Destaquei o glúteo de Dexter, seco e fibrado. Infelizmente seus femorais não apresentavam muita separação.
Reparem nos femorais de Phil – além de estar com os gluteos fibrados, seus femorais estavam separados e fatiados, lhe garantindo um pouco mais de vantagem sobre Jackson nessa pose.
Vencedor: Phil.

 

dexphil5

 

Mais uma pose vencida facilmente por Heath. Apesar de Dexter ter a cintura mais estreita, Phil tem simplesmente muito volume e densidade para ser batido nessa. Destaquei a região lombra de Phil – árvore de natal bem feita e os paravertebrais, que sobrem de seu quadril até o inicio do pescoço como duas colunas densas e espessas de concreto, dando um aspecto tridimensional às costas de Heath.
Nessa pose, os dorsais altos de Jackson o prejudicam um pouco.
Vencedor: Phil

 

dexphil8

 

Como disse anteriormente, a densidade e volume de Phil o carregam nas poses de lado. Mai suma vez destaco seus femorais “pendurados” e os quadriceps de Jackson, que são uma obra de arte nas poses de lado.
Na foto, Dexter não conseguiu segurar direito a respiração e o abdomem não ficou muito bom, mas essa não é a regra para ele.
Outro destaque são os braços de Phil, imbatíveis nas poses de lado. Até seus deltóides ficaram bem nessa pose.
Vencedor: Phil

 

dexphil7

 

Essa é mais uma das poses que expõem as falhas estruturais do físico de Phil. Ele fica esquisito nessa pose, as coisas não fluem bem. Seu tronco fica com um aspecto mais de bloco do que em “V”. Suas coxas ainda superam as de Dexter, mas por muito pouco.
A cintura estreita de Dexter desempenha um papel importante nessa pose, reparem como seu tronco tem um aspecto em “V” bem mais acentuado que o de Phil. Como vimos anteriormente, os dois têm largura de ombros praticamente igual, mas a cintura estreite de Dexter, dá esse visual em “V” mais pronunciado e a vitória a ele nessa pose.
Vencedor: Dexter

 

dexphil2

 

Há quem diga que a pose most muscular é incorporação do Hardcore. Que ela é definida e comandada pelo volume. E nesse caso, Phil venceria, mas Dexter tem tanta qualidade, trapezios gigantescos, ombros redondos e estriados, separação muscular extrema. Nessa pose, a maturidade e qualidade muscular de Dexter lhe dão a vantagem.
Vencedor: Dexter.

Veredito final: Phil Heath Vencedor!

Duplo biceps de Frente: Empate
Expansão de dorsais: Dexter
Peitoral de lado: Phil
Duplo biceps de costas: Phil
Expansão de dorsais: Phil
Triceps de Lado: Phil
Abdominais e coxa: Dexter
Most Muscular: Dexter

É claro que não é exatamente assim que shows são julgados, mas esses esclarecimentos nos ajudam bastante a compreender um pouco melhor porque alguns resultados acontecem.

A grande maioria dos fãs no Brasil ainda olha para as competições com uma visão emotiva. Eles torcem mais do que analisam. Não são racionais. Caras como André Pierin têm movido montanhas para mudar esse quadro no Brasil e educar as pessoas quando o assunto é julgamento de bodybuilding. Ele tem feito um excelente trabalho e espero que nosso esporte cresça ainda mais, conquistando fãs de verdade.

Foi assim qui vi a vitória de Phil. Nos resta aguardar 2016 para ver se ele consegue vencer novamente e se igualar a Dorian Yates, com seis títulos.

 

dcfit banner Olympia

dexbanner

philarnold BANNER




Comentários



Miguel Chain Jr

Cref -118.774/SP

Dúvidas, sugestões, anúncios, consultorias:

contato@diariodoculturismo.com.br
Toda informação contida no site Diário do Culturismo tem propósitos estritamente informativos. Não prescrevemos nenhum tipo de treino, dieta ou drogas nem assumimos responsabilidade por nenhuma lesão ou qualquer situação causada pelos leitores. Antes de iniciar qualquer atividade física procure um profissional da área para prescrição de seus treinos.